Eu peço TUDO à minha tisana!

Umas gramas de plantas, água a ferver e tenho à minha frente um mini-milagre.

Se procuro energia, vou buscar ao ginseng e ao cacao, com efeito tónico e reparador. Se procuro aliviar o stress, vou solicitar os mecanismos complexos das raízes de valeriana. O meu fígado grita depois das caipirinhas de ontem? Aqui deve ser o grande Sr. Alcachofra a ajudar-me. Apoiar uma detox, proteger o sistema circulatório, remineralizar…. As infusões de plantas têm inúmeros contributos para o nosso equilíbrio e bem-estar, desde que utilizadas com segurança.

O corpo humano adulto precisa de ingerir 1,5 a 2 litros de líquido por dia em situação normal, e podemos aproveitar este imperativo para adicionar uns benefícios. Na água quente as plantas libertam os seus princípios activos, até podem libertar mais se preparamos uma decocção: colocar as plantas em água fria, tapar e levar a ebulição durante 2 a 3 minutos. Deixar repousar 5 a 10 minutos e coar antes de servir. Esse modo de preparação é especialmente indicado para cascas, raízes ou plantas muito ricas em óleos essenciais.

E não é só ao deitar como em casa da avó! De manhã para substituir o café ou o chá (é bem menos ácido), frio ao longo do dia numa garrafa no escritório ou na praia, à noite em cocktail… é um hábito fácil de adquirir.

Laetitia Arrighi

Author: Laetitia Arrighi

Laetitia Arrighi de Casanova é a alma mater de My Cha - ww.mycha.org Apaixonada pelas plantas em todas as suas formas, junta uma actividade de consultoria à criação das infusões My Cha e estudos de fitoterapia. Vive em Lisboa há cerca de uma década, mantendo uma forte ligação a Paris. “As infusões nascem das necessidades que observo ao meu redor. Estou constantemente a aprender e a desenvolvê-las; consequentemente a gama My Cha está sempre em evolução.”

Share This Post On

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.