Os 5 passos para uma alimentação saudável e equilibrada

Somos diariamente «bombardeados» por informações sobre como devemos ou não devemos comer e quais os melhores hábitos que devemos inserir na nossa rotina.

Apesar de já não termos dúvida que fazer exercício físico é essencial para o nosso bem estar, no que toca ás opções alimentares as informações são muitas vezes contraditórias, o que nos deixa duvidosos sobre qual o caminho a seguir.

Para além disso vivemos num mundo de tendências e de modas que chegam mesmo a influenciar as nossas opções alimentares. Temos de perceber que todos somos diferentes e que o alimento de um pode ser o veneno de outro. E que o mais importante de tudo, não é seguirmos tendências, mas sim estarmos atentos ao que o nosso organismo nos pede.

No entanto há determinadas mudanças que podemos e devemos implementar de forma a conseguirmos atingir um equilíbrio e atingir o bem estar, a saúde e a energia que procuramos.

  • Reduzir os alimentos processados. Isto significa que devemos encher o nosso frigorifico e dispensa com produtos frescos como vegetais, fruta, sementes, cereais integrais, frutos secos, leguminosas secas, etc. e reduzir substancialmente todos os alimentos embalados e processados que sofreram diversas transformações até chegarem a nós.
  • Variar. Devemos evitar comer sempre os mesmos alimentos. Se hoje comemos iogurte ao pequeno almoço amanhã optamos por um ovo mexido com pão integral. Se o almoço foi peixe grelhado ao jantar optamos por uns legumes salteados. Se hoje comemos arroz ao almoço amanhã optamos por batata doce. Quanto maior for a variedade de alimentos que ingere melhor. E tente inserir todas as semanas um alimento novo no seu menu semanal . Vai ver que irá ter boas surpresas!
  • Evitar o trigo (principalmente o refinado). Fala-se muito na intolerância ao glúten mas o que tenho constatado é que a grande parte dos meus clientes tem uma intolerância ao trigo branco e não ao glúten em geral. Isto deve-se ao facto do trigo refinado fazer parte de muitos alimentos e não ser em nada similar ao trigo que os nossos antepassados comiam. Por isso sugiro-lhe que retire o trigo da sua alimentação durante 1 semana e veja como é que o seu corpo reage.
  • Fazer um dia vegetariano por semana. Reduza o consumo de carne e peixe fazendo um dia vegetariano todas as semanas. Nesse dia use a sua imaginação ou consulte os seus livros de cozinha para escolher pratos de vegetais variados e saborosos. Não se limite à omelete de vegetais. Vai ver que vai ter boas surpresas e no final da refeição vai ficar satisfeito e, ao mesmo tempo, bem mais leve e energético.
  • Comprar frescos de pequenos produtores locais e sempre que possível biológicos. Prefira sempre fazer as suas compras no mercado local ou na sua mercearia de bairro. Aí encontra com certeza óptimos produtos de pequenos produtores locais. Ou, se preferir, adira à entrega semanal em sua casa de um cabaz de produtos biológicos . Vai ver que no final do mês acaba por não sair muito mais caro e tem o beneficio de ter sempre à mão produtos da estação, de grande qualidade e sem pesticidas.
  • Acredite que estas pequenas mudanças irão ter um grande impacto na sua saúde. Comece ao seu ritmo, implementando uma mudança de cada vez . E se precisar da minha ajuda já sabe onde me encontrar.

Boa semana e até breve

Se gostou deste artigo e gostava de aprender um pouco mais sobre como mudar a sua vida e adquirir hábitos mais saudáveis e atingir os seus objectivos, contacte-me aqui.

Teresa

Author: Teresa

Share This Post On

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.