Pequeno-Almoço: A refeição mais importante do dia

Hoje trago-vos um tema que ainda gera muita controvérsia e desperta algumas dúvidas: devemos, ou não, tomar sempre o pequeno-almoço?

Bem, a verdade é que, se existem autores que defendem que só devemos comer quando temos fome, mesmo que, para isso, tenhamos que saltar a primeira refeição da manhã, outros revelam as muitas vantagens de um saudável e rico pequeno-almoço. E é mesmo esta segunda hipótese que tento incutir nos meus clientes, abordando o tema de uma forma descomplicada e mostrando-lhes todos os benefícios que esta refeição tem na nossa saúde.

Infelizmente, não tomar o pequeno-almoço é ainda prática recorrente de algumas pessoas, ou porque não têm tempo, ou porque a fome não aperta assim tanto. Há mesmo quem coma apenas qualquer coisinha a meio da manhã, só para enganar o estômago, até chegar a hora do almoço. Não há nada mais errado do que isto. Se está nesta situação, não pense que eu não percebo que lhe possa custar comer uma fatia de pão logo pela manhã, se o seu estômago não está habituado a tal, mas, comendo pouco e todos os dias, de forma certinha, consegue criar um hábito bem saudável, e até pode chegar ao ponto de conseguir aumentar gradualmente – e sem exageros – a ingestão de alimentos na primeira hora da manhã.

Mas, para que realmente consiga convencê-lo da importância do pequeno-almoço, creio que o melhor é indicar-lhe algumas das suas maiores vantagens:

 

  • A falta de um bom pequeno-almoço pode trazer-lhe cansaço, sono, pouca concentração, fraqueza, dores de cabeça, até mau humor, e uma quebra no seu rendimento físico e cognitivo, especialmente pela manhã. No fundo, esta refeição é importantíssima, porque lhe dá a força e a energia necessárias para enfrentar o dia-a-dia;
  • A falta da primeira refeição da manhã pode abrir-lhe o apetite de tal forma, que se sentirá tentado a comer, em quantidades elevadas, alimentos altamente calóricos e prejudiciais ao seu organismo, durante o resto do dia. Desta forma, a facilidade com que poderá engordar será maior;
  • O pequeno-almoço permite-lhe fazer as restantes refeições de forma mais equilibrada, por conseguir controlar o seu apetite e os seus picos de fome durante todo o dia, combatendo, assim, o excesso de peso e a obesidade;
  • O excesso de peso e a obesidade são também combatidos com esta refeição, porque o corpo começa o seu processo de metabolismo no ritmo certo, e a digestão dos açúcares e dos hidratos é também iniciada logo pela manhã, tendo, portanto, um longo dia pela frente para completar este processo;
  • Tomar regularmente um pequeno-almoço saudável pode evitar outras doenças, como a diabetes ou problemas cardiovasculares.

 

E, agora, pergunta-me: “Então, o que devo comer?” Ora, é muito fácil, mesmo se é daquelas pessoas que, por não querer sair de casa atrasado, só tem 5 ou 10 minutos para engolir qualquer coisa. Aqui lhe deixo alguns exemplos muito saudáveis e rápidos de preparar, que deve privilegiar em detrimento das tradicionais torradas com pão de trigo branco:

 

  • Panquecas

 

 

Existem ingredientes óptimos, muito saudáveis e também muito saciantes que pode escolher para fazer as suas panquecas: aveia, linhaça, farinha de coco, farinha de alfarroba, farinha de amêndoa, farinha de trigo sarraceno, farinha de castanha, etc. Até pode fazer uma deliciosa panqueca apenas utilizando um ovo e uma banana. E o melhor de tudo é que pode prepará-las de véspera e resguardá-las no frigorífico!

 

 

  • Papas de aveia

 

 

São simples e práticas de fazer, pois, normalmente, junta-se a aveia à água ou ao leite e a mistura fica a repousar durante a noite. No dia seguinte, pela manhã, só precisa de aquecer e acrescentar ao prato o quiser!

 

 

  • Overnight Oats

 

 

As overnight oats são pequenos-almoços fáceis e rápidos, porque também estas se preparam de véspera e ficam a repousar no frigorífico. São feitas em camadas e colocadas em copos ou em fracos, com flocos de aveia e leite na camada base, e com frutas, iogurte, sementes, frutos secos, etc., nas camadas superiores. Aqui, a imaginação é a arma!

 

 

  • Smoothies

 

 

Se o seu tempo é mesmo quase nulo, comece por habituar o seu estômago a receber um simples sumo ou smoothie. Junte sempre vegetais e algumas frutas e, acrescente-lhe, por exemplo, um pouco de leite de coco ou de amêndoa, frutos secos, sementes ou algum super alimento. Fica delicioso!

 

 

  • Iogurte grego natural

 

 

 

Saboroso e nutritivo, pode acrescentar-lhe pedaços de fruta e algumas sementes ou frutos secos, de modo a ficar saciado por mais tempo. Prefira sempre biológicos e naturais, por terem uma quantidade de açúcar bem inferior comparativamente aos iogurtes de aromas e àqueles que já trazem a fruta misturada.

 

Pense que a primeira refeição da manhã se equipara a um carregador de baterias, tal como o que tem para o seu telemóvel. Sem ela, não teria energia suficiente para enfrentar os desafios que se impõem na sua vida diária. E, como viu, é muito fácil ter um rápido e um saboroso pequeno-almoço. Só precisa de ter força de vontade e, se realmente for necessário, criar a rotina de saltar da cama 10 minutinhos mais cedo. Acredite que notará diferenças na sua saúde e no seu desempenho ao longo do dia!

 

Se ficou entusiasmado com o que lhe disse hoje, proponho-lhe um desafio: faça como os fotógrafos em Lisboa de comida e, assim que começar a preparar as suas obras de arte, mande-me as imagens! Certamente que serão de comer e chorar por mais!

 

Fonte da imagem: Pinterest

 

 

Teresa

Author: Teresa

Share This Post On

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.